Mulher satisfeita
Sexualidade

Ponto G nas mulheres – Como achar e estimular

O ponto G é uma zona erógena incomum que existe no corpo de mulheres e homens. Se os parceiros aprenderem a encontrar este site especial, poderão oferecer sensações incríveis e um forte orgasmo. Técnicas e poses especiais aumentam o efeito, dão um êxtase fantástico a uma mulher.

Qual é o ponto G

No estudo do corpo feminino, um dos tópicos mais interessantes e discutidos é o ponto G, capaz de excitar uma mulher e proporcionar um orgasmo inesquecível. Cerca de 40 anos atrás, os sexólogos começaram a estudar ativamente a zona misteriosa após a declaração da Dra. Beverly Whipple sobre sua existência. Vamos examinar qual é o ponto G e por que ele abre novas oportunidades para a satisfação de homens e mulheres.

O nome da zona especial foi dado em homenagem ao ginecologista Ernst Grafenberg (em inglês, seu sobrenome começa com a letra G), que comprovou sua existência em 1950. Esta é uma das áreas erógenas mais sensíveis do corpo humano. É um tubérculo, constituído por tecidos não utilizados da próstata e pelas raízes do clitóris. Nesta área, existem muitas terminações nervosas, de modo que o nível de prazer excede até o afeto do clitóris.

Durante a estimulação da seção vaginal G, ocorre um orgasmo poderoso. Ao mesmo tempo, uma mulher emite um líquido como o esperma masculino, ela é ejetada abruptamente da uretra. Esse processo é conhecido como esguicho. O líquido liberado é uma secreção uretral inodora e incolor.

Com a ajuda de estímulos especiais – movimentos magistrais das mãos, seleção de poses no sexo – uma mulher começa a experimentar o calor que se dispersa por todo o corpo, causando um prazer incomum. Para experimentar todos esses sentimentos, você precisa treinar, estudar as características fisiológicas do corpo.

Localização do ponto G

Quando as pessoas aprenderam sobre a área sexual adicional, houve um enorme desejo de descobrir onde está o ponto de Ji.

A região erógena está localizada em um local íntimo no lado interno, mais próximo do estômago, a uma distância de 2-6 cm da entrada. Se o parceiro estiver na posição vertical, a zona G estará sob o púbis. Quando você mergulha os dedos em uma determinada profundidade, pode encontrar um lugar de prazer.

O diâmetro do tecido ativo no estado de repouso é de até 1 cm, com estimulação, a área aumenta para 3 cm. O ponto difere em estrutura do restante da superfície vaginal, é firme ao toque, granulado e amassado, lembra uma noz macia.

Existem várias suposições sobre como a zona de prazer cobiçada apareceu. Fisiologicamente, a localização do ponto G corresponde à posição da próstata no corpo masculino, portanto, a formação da área ocorre no estágio de desenvolvimento embrionário, quando a menina era um embrião assexuado. Outros cientistas atribuem o local G à parte interna do clitóris, uma vez que está associado a ele e representa o complexo clitóris-vaginal.

A zona G é um análogo da próstata masculina, localizada de maneira semelhante – ao redor da uretra. Fisiologicamente, está previsto em todas as pessoas, mas alguém pode detectá-las, enquanto em outras é menos expresso, de modo que parece que esse lugar não existe.

Encontre o ponto Ji da mulher com os dedos

Você pode encontrar o local do ponto Gee, observando o pré-requisito – a garota deve estar excitada. A região erógena é sensível apenas ao desejo sexual ativo; portanto, durante muito tempo, foi difícil para os cientistas detectar e provar sua existência.

Se uma mulher quer se familiarizar com a zona íntima sozinha, isso também é possível. Então ela direcionará o homem para onde o ponto G está localizado, o que facilitará a busca por ela na mulher. Os parceiros poderão usar esse recurso ao fazer sexo. Por exemplo, escolha poses especiais onde ocorrerá a estimulação da zona, um aumento no ponto especial G.

Pela natureza do arranjo, seria correto chamá-lo de zona, porque o espaço é bastante grande e difere do restante da estrutura da vagina. Portanto, analisaremos como é mais fácil encontrar o ponto G. O parceiro deve ficar de costas. Não deixe de experimentar um estado de excitação sexual. As pernas da garota devem estar afastadas. Para um jovem, abaixe a palma da mão e entre com cuidado na vagina com dois dedos. Em média, a profundidade da penetração deve ser de meio dedo. Em seguida, examine cuidadosamente a superfície e determine a região distinta G. Se as ações forem suaves e suaves, elas excitarão um parceiro.

Para determinar que você realmente encontrou a zona G, observe a reação do parceiro: ela está rastejando, pode haver uma vontade de urinar, embora antes disso eles não fossem e, ao estender carícias, um efeito completamente diferente será obtido.

Se uma mulher deseja descobrir independentemente a região erógena, para isso ela deve ser completamente despertada, lave-se por cerca de 20 minutos e, em seguida, a zona G aumentará de volume, de modo que será fácil sentir por ela. Em seguida, é necessário inserir dois dedos na vagina e sentir-se suavemente a uma profundidade de 3 a 5 cm. Antes de confiar no homem para procurar, é melhor descobri-la por conta própria, ouvir seus próprios sentimentos e entender que movimentos trazem sentimentos agradáveis.

Estimulação ativa ao orgasmo

Encontrar o lugar cobiçado é apenas o começo do caminho, porque é importante dar prazer ao parceiro e causar um orgasmo explosivo. Antes de iniciar a estimulação do ponto G, a menina precisa esvaziar a bexiga, porque quando ela toca a área sensível, sua micção aumenta.

Para estimular um homem, você pode usar todas as partes do corpo disponíveis. Por exemplo, ele pode começar com carícias preliminares para excitar a garota: cubra seu corpo com beijos leves, desça do pescoço, peito, umbigo e entre na área genital. Mãos enquanto acariciava o corpo de uma menina. Antes de inserir os dedos na vagina, você precisa garantir que a garota esteja suficientemente excitada. O grau de desejo pode ser determinado pela liberação de lubrificante e clitóris inchado. Você pode acariciá-lo com a língua – isso ajudará seu parceiro a relaxar. Depois de sondar as paredes, é necessária estimulação. Os dedos estão melhor posicionados nas laterais da zona G. Você pode apertar, abrir esta área sem pressão. Aqui você precisa levar em consideração a reação do parceiro. Se ela tentar se afastar, você precisará reduzir um pouco a pressão. Com estímulo insuficiente, pelo contrário, deve-se mover-se mais ativamente.

Se os movimentos forem realizados corretamente, como resultado, um fio de ejaculação feminina deve aparecer. A quantidade pode variar de algumas gotas a 2 colheres de sopa. O orgasmo dura muito mais tempo do que o clitóris, então a estimulação é justificada.

Técnicas de massagem para estimular pontos Gee

A massagem da zona erógena é uma ótima oportunidade para dar prazer ao seu parceiro ou à própria garota para obter satisfação. Obviamente, é importante aderir às regras, executar métodos de massagem em etapas.

As mãos devem ser lavadas e higiênicas antes de entrar na vagina feminina. É melhor usar um lubrificante, porque a lubrificação ajudará a mulher a ter um mínimo de desconforto e um máximo de agradável.

Para passar à estimulação do ponto G, você precisa relaxar o corpo todo: massageie as costas, braços, pernas, pescoço, ombros. Então já vá para o períneo, para que manipulações íntimas sejam mais eficazes. Depois de uma massagem relaxante, você precisa passar para movimentos suaves: com uma mão, entre na vagina, estimule a região G e a outra – o clitóris. Mas não exagere nas carícias do clitóris, para que isso seja um acréscimo, e não a ocupação principal. Os movimentos devem ser alternados, por exemplo, realizar compressões, mover os dedos para a esquerda e direita, para cima e para baixo, ou seja, direção alternativa o tempo todo. Agora, na Internet, existem muitos cursos em vídeo sobre como massagear adequadamente o misterioso ponto G, onde você pode ver claramente todas as técnicas.

Você também pode fazer cunnilingus, massagem vaginal. Um homem deve fazer tudo se apenas uma mulher estiver molhada o suficiente. Para alcançar sensações fantásticas, a estimulação do ponto precioso precisa ser complementada com carinho – a partir disso, a mulher obtém um orgasmo muito mais rápido.

O corpo feminino é muito sensível a toques suaves; portanto, ao estimular, não deixe a outra mão se entediar. Você pode acariciar o corpo, como a área do peito. Isso aumentará o contato entre os parceiros, levará seu amado ainda mais. Você pode usar massagem externa. Os sexologistas observam que, se você pressionar o estômago na área localizada acima do púbis, as sensações também aumentarão. Não deixe de perguntar ao seu parceiro como ele se sente.

Poses em sexo para estimular o ponto G

A localização da zona erógena exige uma posição especial para um homem ser submetido a uma massagem de alta qualidade na área G. A principal coisa aqui é a disposição de entregar coisas agradáveis ​​ao seu amado, para que você deva abandonar a penetração profunda. O cara deve mudar o ângulo de contato para aumentar a estimulação. Essas não são novas poses, mas simplesmente mudanças de movimentos em posições familiares que podem dar felicidade a outro nível.

Missionário

A mulher está deitada de costas, a pelve está levemente levantada, embaixo está um travesseiro. Um homem está ajoelhado na frente de um parceiro, agarrando-se firmemente às nádegas dela. Nesse caso, o ângulo de penetração estará correto. Um homem precisa deslizar a cabeça ao longo da parede frontal da vagina.

Posição superior

A iniciativa passa completamente para a mulher, ela regula independentemente a profundidade da penetração, ênfase do membro. A menina precisa se desviar o máximo possível para não entregar sentimentos dolorosos ao amado.

Pose de refém

Ambos os parceiros estão de pé. O homem atrás da mulher entra na dobra e o parceiro fica na posição vertical.

Estilo cachorrinho

Na posição usual, você precisa alterar a posição das pernas. Um homem não se ajoelha, mas é mantido de pé.

Montanha mágica

Ambos os parceiros devem estar de joelhos, o homem por trás. Uma mulher fica na frente, a parte superior do corpo fica a uma altura, por conveniência, você pode colocar vários travesseiros. O homem faz movimentos vagarosos, estimula o ponto G ao orgasmo do parceiro.

Brinquedos

Os acessórios podem tornar a estimulação especial, aumentar o prazer de massagear o ponto G. Para isso, muitos brinquedos íntimos são usados ​​- vibradores, vibradores e até estimulantes especiais para esta zona. Eles apresentam uma extremidade superior curva para ajudar a influenciar o ponto.

Além disso, o dispositivo pode ter suas próprias funções exclusivas, por exemplo, uma cabeça móvel, vários modos de vibração. Os brinquedos diferem na textura da superfície e são equipados com recursos adicionais, por exemplo, emuladores de orifício anal. Tais dispositivos são selecionados de acordo com os gostos da mulher, dando-lhe o máximo prazer. Com a ajuda de brinquedos, a estimulação é realizada da mesma forma que com um homem, ou seja, antes de iniciar o processo, é necessário cuidar da lubrificação. Com mais estímulos, o sangue entra na parede vaginal e ocorre um orgasmo encantador.

Ponto G em homens

Os pontos misteriosos de Ji podem ser encontrados no corpo masculino. Acontece que o sexo mais forte também pode experimentar felicidade sobrenatural por estimulação da próstata. Para que um homem experimente sentimentos fortes, um orgasmo ao tocar, você deve encontrar o ponto G. Ousar acariciar dessa maneira não é fácil, pois você pode obter a zona secreta através do ânus. O tamanho do ponto G não é maior que uma castanha. Sua localização no corpo masculino se assemelha a uma fêmea – de 3 a 6 cm de profundidade. Um tubérculo elástico é procurado na parede superior do ânus.

Se o parceiro estiver disposto a essas carícias, você precisará agir com cuidado e delicadeza. Primeiro, relaxe o homem com uma massagem erótica. Acaricie sua cabeça, vá suavemente para suas costas, estômago, nádegas. Depois disso, você pode tentar entrar no ânus. Mova o dedo suavemente para a frente, sinta os selos, dê a oportunidade de se adaptar a novos sentimentos.

Se o parceiro é contra carícias ousadas, você pode fazer uma massagem indireta. Então, massageamos o períneo entre os testículos e o ânus, a área precisa ser acariciada com movimentos suaves, esquerda e direita, em círculo. Para realizar tais experimentos, as luvas devem ser preparadas e estocadas com graxa. Melhore o efeito das sensações usando carícias orais. Um homem será capaz de experimentar um orgasmo incrível.

Fatos

O ponto G não é nada, mas uma zona inteira que nunca foi chamada de descobridora. O nome foi distorcido quando traduzido por jornalistas americanos, eles queriam criar um conceito mais misterioso e atraente.

Para cada mulher, ela difere em tamanho, dureza e as sensações do corpo dependem disso. Também pode haver quaisquer características fisiológicas de uma menina. Isso se aplica aos sentimentos que ela sente. Alguns podem até sentir desconforto.

Gee point aumenta com o desejo sexual, o sangue corre para os órgãos pélvicos, após o que a sensibilidade da zona aumenta.

Durante a estimulação, um segredo é formado, a partir do qual a zona se torna ainda maior. Este líquido sai com um orgasmo a jato.

As sensações são muito diferentes devido ao envolvimento de vários centros do sistema nervoso. Com a satisfação do clitóris, o nervo reprodutivo é afetado, com estimulação da zona G, a pélvica. Se uma mulher atingiu o orgasmo, ela pode experimentar novamente. Na versão vaginal, isso será mais difícil.

Após 35 anos, o ponto G se torna mais sensível, à medida que os representantes do sexo mais fraco aumentam o nível de estrogênio e a camada epitelial da vagina se torna menos espessa. Parece às mulheres que elas revelam sua sexualidade em 30-40 anos.

G contém 600 terminações nervosas por milímetro quadrado, nas demais áreas não há mais de 30.

Uma nova área erógena abre possibilidades irreais de prazer sexual. Para encontrar a zona cobiçada no corpo do parceiro, você precisa ser sensível, gentil, atencioso, saber como estimular o ponto G. Para esses esforços, você obterá um orgasmo frenético com novos sentimentos desconhecidos.

 

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta